h1

Personalidade Borderline

sex 25 maio, 2007

“I was never faithful
And I was never one to trust
Borderline and skizzo
And guaranteed to cause a fuss”
Placebo – Black Eyed

Eu, volta e meia, fico lendo sobre distúrbios de personalidade. Talvez eu seja só curioso sobre o assunto, talvez eu devesse estar fazendo psicologia. Enfim, a personalidade Borderline é muitas vezes confundida com o Distúrbio Bipolar do Humor por ser marcada por variações de estados de humor. Porém, ela é um tanto diferente.

Você já deve ter conhecido gente com esse tipo de personalidade, você nunca conheceu ninguém que tenha um grau de difícil controle da raiva? De alguém que não sabe direito o que é, toda hora tá diferente ou mudando o jeito de ver as coisas? Para os analistas os borderlines não possuem indentidade construida, ela é frágil e sem estrutura e por isso acaba sendo toda hora destruída e recriada pelos sujeitos que possuem essa personalidade. É também uma pessoa que se caracteriza por relacionamentos instáveis e extremamente intensos e muitas vezes marcado por extremos de idealização e desvalorização.

É também um tipo de pessoa que mantêm esforços frenético para manter-se “seguro”, ou seja, para evitar o abandono, real ou imaginado. Aquele tipo de pessoa insegura e que para tentar manter o que tem pode chegar a extremos como atos de automultilação ou suicício.

O que faz todo mundo confundir, e com até certa razão, com o distúrbio bipolar do humor é o fato de ele assumir por diversas vezes uma certa impulsividade em pelo menos duas áreas potencialmente prejudiciais à própria pessoa (por ex., gastos financeiros, sexo, abuso de substâncias, direção imprudente, comer compulsivamente) assim como nos episódios de mania do DBH em que as pessoas ficam com estados de euforia tão grande que acabam comentendo desatinos por conta da doença.

Por Daniel Vieira

About these ads

76 comentários

  1. eu gostaria de saber qual o tratamento mais adequado?se existem exercicios para lidar melhor com afetividade.
    se tem cura?


    • BEM EU TENHO 15 ANOS E SOFRO COM A SINDROME DE BORDERLINE. E BOM SABER QUE OUTRAS PESSOAS TAMBEM PASSAM POR ISSO E MELHORAM. POIS JA TENTEI SUICIDIO DUAS VEZES, ACABEI EM COMA EM UMA DELAS E ME SINTO MUITO MAL, COM TUDO ISSO.NÃO SEI MAS O QUE E BOM OU RUIN PRA MIM, NÃO TENHO PERSONALIDADE E TAL. SE VCS PUDEREM ME AJUDAR AGRADEÇO
      MUITO OBRIGADA ANA PAULA


    • Olá! Venho lhe convidar para o grupo sobre o Transtorno da Personalidade Borderline que criei no facebook. O grupo é hoje o maior sobre o tema em língua portuguesa e conta com a participação não só de pessoas com o TPL como também de ótimos profissionais da área. A troca de experiências e relatos é tem sido excelente.

      Se você é um profissional da área – venha trocar experiências e conhecimento!
      Se você é borderline – sinta-se acolhido!
      Se você se interessa pelo tema – venha conhecer mais!

      °°° VAMOS AJUDAR E SERMOS AJUDADOS °°°

      O link do grupo é:
      http://www.facebook.com/groups/transtornodapersonalidadeborderline/


      • Oi.
        Estou aqui, lendo um pouco sobre o assunto. Eu queria descobrir meu defeito. Eu não tenho coragem, disposição, e dinheiro para procurar um profissional da área. Não tenho principalmente dinheiro. Mas sei que preciso de ajuda. Acabei de tomar um remedinho para me acalmar um pouco. Estou com um mal humor imenso. Fico nervosa por causa de besteira. Qualquer coisa idiota me irrita. Fico às vezes em paciencia com minha propria filha. Coitada, ela não tem culpa de nada. As vezes até o riso das meninas aqui em casa me irrita ao máximo. Não agrido ninguém fisicamente, mas dou respostas estúpidas.
        Tenho um namorado muito gentil, pessoa dificil de encontrar, trabalhador, sei que se dedica a mim. E me irrito ao ultimo grau quando ele não pode me dar um pouco mais de atenção. Moramos longe um do outro, então nos vemos muito pouco. Nos falamos todos os dias. Ele se lembra de me escrever bom dia todos os dias sem falta… Me escreve ao longo do dia, me liga. Em um ano ele nunca deixou de me escrever nenhum dia sequer. Me dá satisfação de tudo. è ótimo homem. E eu me irrito com coisas tão pequenas.
        Minha filha é um doce comigo, mas as vezes eu falo rispidamente com ela. Tadinha.
        eu mudo meu humor de forma brusca, sem motivo. E isso é ruim demais. Eu tenho plena consciencia, mas não consigo me controlar. Até tento, mas não consigo.
        Tenho curso superior, falo tres idiomas, sei que sou inteligente, mas não consigo nada na vida. Tenho ótima idéias pra muita coisa, mas não consigo por em ação nada. Amo gastar dinheiro. Mas não posso. Graças a deus não extrapolo a ponto de ficar em mals lençõis, mas estou a beira disso. Já tenho 40 anos. Não tenho paciencia de parar para estudar. Passo o dia todo pensando, ensaiando fazer algo e no fim do dia não fiz nada. Como compulsivamente. As vezes a ponto de passar mal, e se engordo fico mal, por isso. As vezes tomo inibidor de apetite, o que me controla um pouco e me dá um pouco de disposição. Não é sempre mas tomo. Toda esse minha neura, me trouxe refluxo gastrico. Eu havia melhorado, mas não sigo as recomendações. Me divorciei há um tempo, não aguentei um monte de coisa.
        Com Seis meses de casamento, meu proprio marido me violentou. Chegou bebado em casa, foi a primeira vez que vi aquilo. Pus ele na cama e me deitei, bem quietinha para ele não despertar. Eu tava com medo. Mas ele tava meio acordado, dormido, sei lá. Sei que eu estava aterrorizada com aquilo. E ele num dado momento me agarrou pelo cabelo, e me obrigou a fazer sexo oral nele, me xingando, e me chamando pelo nome da ex. Foi uma noite 100% em claro. Tive tanto medo que tive uma tremenda diarreia. Ele não gritava não quebrava nada, mas aquilo era horrivel. Eu tinha medo dele machucar minha filha no quarto do lado. Nada a conteceu, mas aquilo que ele fez comigo me traumatizou. Toda vez que ele bebia eu tinha medo. ele me passava vergonhas na frente das pessoas. E me passava medo. Não sei como, mas deixei aquilo passar batido.
        Meu ex era um homem muito pornografico as vezes. Eu despertava de noite e via aquele homem se masturbando sozinho. Era muito estranho aquilo. Nunca vi uma pessoa assim.
        Outro fato que me lembro também, foi quando eu tinha uns 11 anos. Aqui na cidade ( cidade pequena) tinha uma radio e as pessoas passavam lá pediam musica, eram pessoas muito conhecidas. Me lembro que um dia passei lá com minha irmã, à tarde. entramos. Nós conheciamos todos lá. Mas uma pessoa um senhor, pai da minha colega de escola, veio com uma conversa mole, e me alisou tocou meu seios que mal tinham crescido direito. eu acho que eu tinha uns 11 ou 12 anos. Nunca esqueci esse episodio, mas não tive coragem de contar, pois iriam dizer o que eu fui fazer lá. E eu tinha medo de confusão.
        Em casa minha mãe era muito enérgica, batia por qualquer coisa. Eu apanhava por todos. e nunca escutei um pedido de desculpas. Também não me lembro de um abraço. Hoje não consigo abraçar minha mae e nem beijá-la. Trato bem. tento superar isso mas não consigo.
        Não sei porque falei isso tudo, mas eu precisava. Preciso saber o que tenho, se isso tudo que passei tem algo a ver. Sou uma pesssoa angustiada. Não todos os dias, mas tenho mudanças súbitas de humor, é muiro ruim. Tenho consciencia disso, mas não consigo controlar. As vezes pego o que tem na minha frente e jogo longe. Não na frente das pessoas pois não quero que elas vejam isso, mas para descarregar essa raiva subita. è horrivel o que eu sinto.
        Outra coisa que me lembrei. Quando eu era pequena com 13 anos de idade eu tinha uma compulsão tremenda por pequenos furtos. eu rou bava somente um poucquinho, para comprar sorvete de boa qualidade, comprar guloseimas e levar para a escola. Me descobriram e levei duas surras fenomenais. Demorou mas a compulsão passou.
        Eu também gostava muito de mentir, nada sério, mas mentia. hoje isso é algo que não suporto. Não me sinto bem nem mesmo omitindo. Prefiro falar a verdade. Ensino isso a minha filha. Melhor uma surra por falar a verdade do que não poder deitar a cabeça no travesseiro para pensar como ira mentir para abafar outra mentir. E minha filha me ouve. É ótima menina. De 5 anos pra cá essa minha situação se agravou. Vivo angustiada. tensa. De repente estou bem, mas de repente, muito de repente mudo de humor explosivamente. Me acalmo quando estou sozinha. Alias estou quase sempre. Não tenho amigos. Não consigo me relacionar muito bem. A té tento mas não consigo. Fico enfurnada em casa. tenho desanimo de me maquiar até. O que me deu um pouco mais de alento foi namorado que arrumei. ele me faz sentir melhor.
        Com ele me sinto normal. e ele me ajuda muito. Conversa comigo com paciencia, me elogia, coisa que as outras pessoas não fazem. Quando faço algo legal ele se alegra. Meu ex me dizia que eu tinha que arrumar serviço. Me manda aerrumar a casa, dizia que é falta do que fazer em casa. Me mandar ir lavar roupa e chão. isso me encolerizava. Ele me dizia que eu não era capaz de certas coisas. Me fazia me sentir estupida. tanto que me separei.
        Esse agora me incentiva a seguir em frente. Diz que tem orgulho de mim pois sou estudiosa e inteligente. E que me ajudará a seguir em frente. Me pediu em casamento. ele está transfromando minha vida. Mas preciso tratar esse meu humor horrivel e essa coisa estranha que tenho.
        tenho muitos rancores dentro de mim que não consigo arrancar. lembraças ruins.
        Olha, só de escrever já me acalmou bastante.
        To melhor. Preciso dormir.
        Se alguém ler isso, obrigada. Se algum profissional ler isso, por favor me diga se tenho algo errado. pode dizer averdade.
        Da mesma forma tb agradeço
        Esse jornal que escrevi me acalmou. Foi otimo por pra fora minha angustia… Obrigada por tudo. e desculpem o jornal… Mas eu tava precisando.
        Um abraço


      • Olá, tenho uma filha Borderline de 16 anos e embora a família trate ela muito bem, ela nos despreza e idolatra uma vereadora aqui da cidade. Sei que ela sofre muito de ser assim, mas acho que sofro mais ainda por não ter o que fazer por ela. Lendo seu desabafo, percebi muitas coincidências com minha filha, mas vc está atrás de melhorar e minha filha não aceita nenhum tipo de tratamento. Ela quase me enlouquece e estou muito deprimida com essa situação que nem sei se um dia terá solução… Mas qto a vc, não desista, pede pra seu namorado te ajudar, procura um tratamento mesmo que gratuito, pois qdo a pessoa quer, acaba conseguindo melhorar. Não desanime. Quem fala que não precisa de ajuda de ninguém é pq não tem consciência. Boa sorte…


  2. Disturbios de personalidade (na verdade eu nao considero disturbio, mas qaundo algo te atrapalha…) podem ser tratados sim. Mas nao com remedios e sim com tratamento psicologico. Se nao me falha a memoria esses disturbios de personalidade exigem um tratamentro longo.

    Cura? Não digo que seja uma cura e sim uma nova forma de encarar as coisas.


    • Ola!!!
      Cara tenho 35 anos sou homem e descobri ser borderline…não sei muita coisa sobre. Se vc quiser me ajudar meu mail tá ai, puts estou meio de queixo caido, pois eu acabei com um casamento e estou acabando com outro… E EU ACHAVA


  3. adorei tudo que li aqui…é verdadeiro e eu me senti real, lendo e sabendo que não sou unica, ou ao menos que há pessoas que sabem…que sabem…

    E quero dizer que quando li quaze tudo que está escrito nessas pgs, eu percebi que não era eu que tinha escrito tudo isso, mas que era eu tmb que tinha sentido!!!!!

    Parabéns Daniel Vieira! Vc escreve muito!

    Me dispertou uma vontade de conversar com vc!!!!


  4. Bom dia. É a primeira vez que acedo a este site e, percebi que não sou só eu a ter este problema de saúde mental. Ando há muitos anos a ser tratada num hospital psiquiatrico no porto e não há cura para esta doença. passa sim por medicação, mas mesmo assim eu tenho episódios de auto-agredir-me a mim mesma. tanto estou bem como de um momento para o outero caio numa angustia e tristeza. sinto raiva e odio das pessoas que eu adoro>; não suporto a solidão ,as tenho alturas que quero estar só parece que estou no limite da loucura. Parabéns Daniel por podermos falr. sabe é que eu isolo-me porque infelizmente há muita gente que não entende a minha doença. só o meu marido e filhos e que entedem. tenho 49 anos e dois filhos de 24 e 28 anos.um marido edcepcional.
    um bom domingo.


  5. …Faço psicoterapia e uso de medicamentos para transtorno bipolar.Porem depois de ler o artigo fiquei um tanto quanto na duvida quanto ao meu diagnóstico.Artigo bem escrito,de facil entendimento:Ótimo mesmo!!


  6. olá! Descobri há uns meses atras que sou borderline apesar de ja ter uma vida muito desajustada há cerca de 7 anos e ter sofrido muito por não compreender o que se passava comigo. Sou médica e isso tem-me ajudado fortemente porque apesar de não conseguir controlar o que sinto, consigo ter um dominio muito melhor das situações porque as consigo enquadrar e dismistificar. Tenho lutado muito para reestruturar toda a minha personalidade e se isto servir de esperança para quem sofre igualmente como eu deste disturbio tenho tido resultados animadores. Estou ainda num processo inicial mas deixo aqui a minha promessa que me vou dedicar a esta causa e depois de conseguir sair definitivamente deste pesadelo vou lutar para o reconhecimento desta perturbação e implementar medidas eficazes de tratamento. Lembrem-se a vida pode ser como nos desejamos porque o medo que sentimos não é real é simplesmente um sintoma da nossa perturbação. Quando estiverem a sentir medo, panico, raiva ou alegria extasiante tomem consciência que tudo isso faz parte do quadro clinico. So vemos a vida negra ou rosa mas temos que tomar consciencia que existem muitas outras cores apesar de nunca as termos visto. Isto parece conversa da treta mas digo-vos que não é, não pelo que estudei mas pelo que VIVO! Quem vive assim e sobrevive é alguem extremamente forte porque sem duvida é um caminho penoso. Mas nos podemos escolher o nosso caminho e entrar na luta certa e so vence quem não desiste. Não esperem milagres porque so nos proprios temos o poder de sair disto com apoio de profissionais que nos reconheçam.
    Parabéns pelo artigo


    • Gostaria de mais informações pois tenho um parente muito próximo que sofre deste mal, e gostariamos de tratr dela, se puder me orientar agradeço.
      Fabiano Carvalho


      • Venha fazer parte do grupo que criei – Transtorno de Personalidade Borderline – vamos discutir sobre o assunto, ajudar pessoas e nos ajudar. Caso queiram participar como anonimo fiquem a vontade, criem um perfil anonimo no facebook, vamos usar este espaço para falar de tudo aquilo que nos faz sofrer e que nos machuca
        http://www.facebook.com/groups/274357359264475/


  7. Descobri, após 5 tentativas de suicídio, que sou uma borderline. Em uma única consulta,fui diagnosticada. Estou, ainda, digerindo o “rótulo”, mas satisfeita por ter encontrado uma Luz, uma esperança, algo q me deixa bem mais alerta à Vida.

    Não nasci, de novo, até pq se tivesse q renascer me suicidaria, no ato, mas se fui diagnosticada é pq tenho chances. Muitas chances de viver melhor, de ser mais feliz…

    obrigada, pelo espaço! parabéns pela exposição


  8. Me embebedei com os conteúdos dos vasilhames…e nem consegui descartar algum


  9. bem, tenhu 18 anos e a um tempo atraz foi pré diagnosticado q eu era borderlaine comesei a fazer terapia e tomar remedios!mas abandonei o tratamento pq como eles naum tinhaum certeza e eu naum queria que tivesem foi uma faze dificil pq eu tinha um “rotulo “;
    as vezes me arrependo de ter parado o tratamento pq talvez eu teria melhorado,ultimamente sinto o maldito fazio e a insatisfaçao como se sempre falta- se algo,nao fico sem os meus chocolates e naum consigo mais me relacionar com ninguem : “hj eu amo amanha eu odeio” e isso é pessimo!fora o fato de viver magoando pessoas que nao meresem,mas aqui em casa foi jogada uma pedra em cima desse assunto e eu nao quero reviver isso nem quero encomodar os outros vai passando o tempo voce começa a se acostumar em ser diferente .
    fiko feliz por ter encontrado esse artigo.
    existem mais pessoas como eu nao estou sozinha nessa!

    parabens pelo artigo é muito bom ,esclarese bem oq presiza ser dito!


  10. Ainda não tenho um diagnóstico concreto de uma pessoa da minha família que esta passando por problemas parecidissimos com Transtorno Bipolar ou Boderline.
    Mas para ser direto ao assunto,deixo uma mensagem para aqueles que creem.
    Quando vc tem realmente Deus em seu coração, e tmb tem intimidade com ele,ou seja, segue sua palavra e seus mandamentos, então meu amigo!!!! a cura é certa para qualquer tipo de doença, basta vc acreditar e aceitar Jesus Cristo como seu unico salvador.
    Valmir


    • Assino em baixo Valmir! O que eh impossivel para o homem eh totalmente possivel para Deus, Ele eh o Medico dos medicos! Graca a Esse Deus que conheco (desculpem, o tablet nao tem cedilha nem acentos) bem, o fato eh que nao tenho esse mal, mas alguem que amo muito, jah sofreu por se relacionar com uma pessoa que tem esse problema. Eu nao conhecia essa enfermidade, agora que compreendi como eh, posso de coracao perdoar essa pessoa e orar para que Deus tenha misericordia dessa vida e entre com providencia!
      obrigada pelo esclarecimento, que Deus te abencoe muito e senpre!


  11. Sempre fui tratada como um transtorno bipolar ,alguns anos depois como tbm tisturbio de personalidade … bom gostaria de saber qual o risco real de um paciente com disturbio de personalidade boderline e se ha cura … estou muito confusa quanto ao meu diagnostico e acredito q ate mesmo a equipe medica ñ sabe ao certo o q tenho de verdade , porem pelo q li acho que o disturbio de personalidade boderline é o mais proximo da minha realidade. desde ja obrigada pele atenção.


  12. Eu tenho 26 anos, dois filhos e sou casada. Tem 2 anos que a minha doença manifestou-se, não tenho diagnóstico fechado ainda… A princípio, o primeiro psiquiatra disse-me que era depressão pós traumática, pânico e TOC. O segundo considerou-me incapaz de responder por mim mesma. O terceiro depressão profunda… E agora minha psicoterapeuta enquadrou-me como Borderline. Na minha família, todos falam para mim acreditar em Deus, ser forte e tentar reagir, não me entregar a doença.
    Odeio quando falam que tenho que me esforçar, ninguém percebe quando é difícil manter-me VIVA. Já tentei suicídio 4 vezes, até que surgiu o mecanismo de defesa meu “AUTO-MUTILAÇÃO”, quando a crise é muito forte é a única coisa que a faz passar. Depois de entrar e sair do inferno, ainda tenho que encarar os meus familiares com o ar de decepção e reprovação. Talvez seja fraca mesmo e covarde de não por um fim em tudo.


    • ola cris,!
      eu posso muito bem conpriender e teu sofrimento,pois me casei com uma bordeline, no começo foi muito dificiu porque nao conseguia aceitar as mudaças tao bruscas e repentinas de conportamento dela.
      quando nos conhecemos em poucos dias ela ja estava conpletamente apaixonada por mim, e como eu tabem gostava dela entao casamos 3 meses apos nos conhecermos.
      no começo do casamento ela dizia para todos que eu era o melhor marido do mundo, dizia que eu era o seu heroi , e que nao consiguia ficar longe de min.
      mais em pouco tempo tudo mudou.


  13. olá, tenho o transtono borderline. Sou muito dependente do meu marido, tenho muito ciumes e medo de perde-lo o tempo todo. Brigamos muito, muitas vezes por eu nao conseguir controlar minhas emoções. Eu grito, choro alto e nao sei o que fazer depois que tudo aconte… vem o sentimento de culpa, pois minha filha de 2 anos ve tudo isto. Eu quero melhorar, mas nunca consigo me controlar… o pior é o que causo a minha filha, a vergonha q sinto dos meus vizinhos, da familia do meu marido..

    obrigada e abraços


    • Minha amiga, só tem uma salvação para esse tipo de problema, é você ir a uma igreja e aceitar Jesus como seu unico salvador da sua vida.
      Te batiza, confia em Jesus que ele sim vai modificar sua vida, vai fazer de vc uma nova criatura.
      Deus é contigo


      • Valmir, quero dizer a você que apesar de ter aceitado a Jesus e tê – lo na minha vida desde sempre e ser batizada, tenho transtorno de personalidade Borderline, infelizmente não se confunde com o fato de vc ter ou não uma fé, é muito mais que isso.
        Não somos nós que escolhemos para nós viver com um descontrole emocional tão grande dentro de nós, as vezes agredindo e fazendo sofrer as pessoas a quem amamos. Vivendo em uma solidão para não ter que causar mais estragos na vida de outras pessoas. Jesus nos ama a todos e acredito que sofre junto conosco, pois provavelmente deve ser o único que realmente entende o que acontece de verdade.
        É uma doença, não é um pecado pelo qual pedimos perdão, somos perdoados e desapareceu a nossa culpa. Se realmente é cristão ore por nós, para que possamos encontrar equilíbrio e quem sabe um dia a CURA.


    • OLHA EU NAÕ SEI NEN ESCREVER MAIS TENHO ALGUEM EN MINHA CASA QUE SOFRE DA MESMA COISA EU TANBEM SOFRO CON ELA E A PRENDI NO MEIO DA DOR A APENAS ABRAÇA LA E DIZER QUE A AMO MUITO E QUE ELA É MUITO FORTE POR QUE EU NÃO AGUENTARIA A METADE DO QUE ELA AGUENTA


  14. tenho uma amiga muito importante para mim
    e ela sempre tem uns ataques de ciumes
    e ela tbm sofre dessa pesonalidade borderline
    e euq eria saber como eu posso agir com ela ?


    • Venha fazer parte de nosso grupo – Transtorno da Personalidade Borderline – conheça mais sobre o tema, vamos trocar informações e experiências com grandes profissionais da área bem como pacientes. O grupo já com mais de 200 membros e é hoje o maior grupo sobre o tema do facebook, tem funcionado todos os dias com grandes participações e comentários. Venha vamos ajudar e ser ajudados.

      SE VOCÊ É PACIENTE – SINTA-SE ACOLHIDO!
      SE VOCÊ É UM PROFISSIONAL DA ÁREA – APRENDA E TROQUE EXPERÊNCIAS!
      SE VOCÊ APENAS SE INTERESSA PELO TEMA – CONHEÇA MAIS!

      O link do grupo no facebook é:
      http://www.facebook.com/groups/274357359264475


  15. a personalidade boderline tem cura?


    • Sim, procure um terapeuta. Apesar de eu achar que terapia as vezes é uma forma da sociedade de enquadrar as pessoas dentro dos padrões “aceitáveis” socialmente. Só faça caso sofra com a situação, se consegue conviver com isso, tente se policiar, estudar e perceber suas atitudes.


  16. Nossa, esta descrevendo o que é personalidade borderline perfeitamente.. =)


  17. Olá, estive fazendo uma pesquisa sobre esse assunto aqui na net depois de assistir uma profissional falando que o namorado da menina sequestrada (Eloá)pode sofrer desse mal. Gostaria de saber dos amados, se há registros de violência contra o outro no caso de pessoas com TPBorderline. Os portadores de tal transtorno sentem ciumes de amigos tbm? e já pensaram em agredir amigos, ou mata-los por ciume e possessão?
    Como existe um estudo sobre a possibilidade de algumas pessoas com esse transtorno ter passado por abuso sexual e tbm uma das caracteristica eh o fato de agir com a emoção, vocês sabem se é comum essas pessoas se envolverem com pessoas do mesmo sexo (por aventura e não escolha)e/ou se envolver com muitos parceiros (só sexo oposto)?
    Sou totalmente leiga e curiosa…
    obrigada a todos, fiquem com Deus… Aguardo contato


  18. eu sofro com a sindrome de borderline, mas graças a Deus estou controlada.Os sintomas não somem totalmente,mas em vista do q eu era há dois anos atrás antes de entender oq era a doença, hje me considero 98% curada,me apeguei mto em Deus e graças a Ele tenho melhorado a cada dia.
    Nunca tive atitudes violentas com outras pessoas,minha violência era contra mim msm.Tinha medo de ser abandonada,de não ser amada.E tudo isso por traumas de infância … q eu nm comento por q eh passado e e hje eu tenho outra vida com pessoas que me amam de verdade!!!
    Quando tiha acessos de raiva, arrancava meus cabelos,e a raiva só passava qndo eu cortava meus pulsos.Já faz um ano q não meu auto-mutilo mais!!!
    Me controlo,porq o problema está dentro de mim,e eu sei que se Deus está me ajudando nada pode me descontrolar ….
    meu segredo:
    Deus
    força de vontade
    amor a si mesmo
    apoio das pessoas amadas
    muitoooos risos ….
    se ocupar com um trabalho q goste
    ajudar a outras pessoas necessitadas
    Não ficar sozinha em lugar nenhum

    entre outras …
    se algm qizer cv cmgo a respeito do assunto entre em contato …
    http//brejesusvoltara.blog.terra.com.br

    estou disposta a ajudar quem estiver precisando, pq sei como eh dificil ter o problema!!
    bjsssssssss


    • Olá Gabi. li o seu testemunho no site loucuraembutida, e por essa razão estou lhe escrevendo. minha EX namorada é uma borderline. eu tentei e tento ainda AJUDA-LA. EU A AMO MUITO e sofro com isso tambem. SOFRO com a separação. Ela terminou comigo a duas semanas. SINTO A FALATA DELA DEMAIS. eu preciso ajuda-la. porque sei que ela me ama tambem. mas por ser uma borderline……….. SE VC PUDER ME FALAR ALGUMA COISA…..ME AJUDAR COM ALGUMA “PALAVRA” DE QUEM VIVEU ISSO, POR FAVOR….ME ESCREVA. OBRIGADO DESDE JÁ PELA SUA ATENÇÃO.


      • Ricardo eool sou uma boderline deskobri issuh a pouko tempo…quem esta mi ajudandu mt e meu namoradu sem ele eool naum teria forças pra superar i sei ela precisa d vc entao vai atras dela i ajuda ela msm…eool veju meu namorado sofrendu juntu comiguh….


      • Permita-me chama-lo de meu amigo, pois o q vou lhe escrever eh o q diria a um filho meu, jah faz anos q vc escreveu e a situacao jah pode estar solucionada, posso parecer cruel, mas se ela mesma o “dispensou”, nao tente e nem aceite voltar, vc estah se livrando de muito sofrimento.


  19. Olá Gabi,
    Tentei entrar no teu bloque mas nao consegui. Gostaria de contatar contigo para falar sobre esse tema. Há uma pessoa perto de mim com esse problema. E quero me informar melhor.
    Abs,
    Luiz


  20. Olá, tenho 27 anos, fui diagnosticada há 3 meses com TOC e com traços Boderline pelo quinto psiquiátra, porém, o primeiro a dar “nome aos bois”, pois nunca nenhum falava o que eu tinha. O que sempre senti desde os 15 anos, foi instabilidade afetiva, meus relacionamentos nunca duraram mais de 4 anos e hoje chegou no extremo.
    Tenho crises de ansiedade, com sintomas físicos, sudorese e batimento cardíaco acelerado. Ouço algumas vezes vozes e tenho a impressão de ver coisas (raramente). Idéias obsesseivas negativas, como por exemplo, de que sinto que terei câncer no futuro, imagino cenas de acidentes quando estou na estrada, já cheguei até a imaginar com que roupa estaria no caixão quando morresse de acidente de moto. Absurdo. Por mais que seja absurdo, não consigo controlar, são idéias que invadem.
    Meu psicólogo fala que não gosta de rotular, e que tenho um pouco de tudo, mas o psiquiatra já deu alguns sinais de boderline.
    Atualmente moro junto com uma pessoa 13 anos mais velho que eu, que realmente me completa, porém estou em crise. Já fiz dívidas financeiras, estou querendo me separar dele, “belisco” as peles da minha unha e não páro até sangrar. Muitas vezes tenho trabalho para fazer no computador, mas fico hipnotizada com minhas unhas durante 2 horas e depois desligo o computador e vou dormir sem fazer nada. Agora estou com dificuldades em trabalhar, pois não tenho vontade.
    Já tomei fluoxetina, sertralina e agora estou com paroxetina, porém parece água com açucar.
    É triste olhar para uma pessoa maravilhosa do seu lado e em um dia achar que ama e no outro, ou até mesmo no mesmo dia, achar que não sente mais nada. Já cheguei até a pensar em quem o meu marido poderia ficar que faria bem para ele, depois que o abandonasse.
    Não sei o que pensar, é muita confusão, mas não tenho paciência para esperar, acho que vou sair de casa mesmo e viver este momento sozinha.


    • Olá LARISSE. li o seu testemunho no site loucuraembutida, e por essa razão estou lhe escrevendo. minha EX namorada é uma borderline. eu tentei e tento ainda AJUDA-LA. EU A AMO MUITO e sofro com isso tambem. SOFRO com a separação. Ela terminou comigo a duas semanas. SINTO A FALATA DELA DEMAIS. eu preciso ajuda-la. porque sei que ela me ama tambem. mas por ser uma borderline………É triste mesmo o que vc disse sobre “olhar para uma pessoa maravilhosa do seu lado……” eu SINTO QUE ELA TINHA ESSE SENTIMENTO….sinto que me olhava e PENSAVA EXATAMENTE ISSO QUE VC DESCREVEU…..E EU Amo demais. SE VC PUDER ME FALAR ALGUMA COISA…..ME AJUDAR COM ALGUMA “PALAVRA” DE QUEM VIVEU, OU VIVE ISSO, POR FAVOR….ME ESCREVA. OBRIGADO DESDE JÁ PELA SUA ATENÇÃO.


  21. Tenho uma amiga que sofre dessa doença.. ela teve uma crise a pouco tempo e procurou pregos na parede para se cortar, desviou nossa atençao para pegar uma gilete e cortar os pulsos, mas graças a Deus eu e a mãe dela conseguimos evitar.. como devo agir com ela quando está em crise? tive q imobiliza-la ate que os remedios fizessem efeito, mas ela acha q prendemos ela pro mal dela, como explicar pra ela que só queremos ajudá-la? estou desesperada, por que gostaria de ajudá-la mas não sei como, as vezes sinto medo q ela consiga o suicídio…. me ajudem… obrigada!!


  22. estava pesquizando na net sobre esse assunto mais n obtive muito resultado.A pouco tempe descobri q minha irma tem essa “doença” de se auto muitilar gostaria de saber mais sobre o assunta para compreender uma pouco e de alguma forma poder ajudala se possivel gostaria de falar com alguem q tbm tenha esse transtorno psquico por favor me respondam o mais rapido possivel n mais mais para quem recorer desde ja muito obrigada…


  23. Me explica, sem ser psiquiatra e, sim boderline ou bipolar, o motivo das mutilações.

    Nos últimos dez dias nunca fiz tantas.

    Sempre as fiz, mas, agora, são incontroláveis, inúmeros, cada vez maiores, até o sangue jorrar em mim.

    Me ajude, pelo amor de Deus.

    Obrigada.

    Carolina


    • Bom..para mim as mutilações são mais ou menos assim:eu procuro ver se existe uma dor maior do que a que estou sentindo na alma.Já li muito sobre tudo isso e me enquadro mais com borderline.Em vários lugares sobre borderline diz exatamente isso.Não tenho certeza sobre a doença, mas sofro muito com isso.

      Espero que seja mais ou menos isso q vc queria saber Carolina.


  24. interessante esse site. Qual a recomendamção para pessoas que convivem amorosamente com parceiro com personalidade borderline?


  25. gostaria de obter mais informações e tratamentos sobre essa sindrome. Tenho uma filha que desde os 12 anos tem apresentado um comportamento parecido com borderline. Foi diagnosticada comom bi-polar após ter um surto psicótico após ter utilizado o chá santo daime.
    Ela costuma ter distúrbio de alimentação e come sem parar, além das dificuldades de relacionamento amiliar e afetiva.
    Grata atima.


  26. Tive uma vida conturbada na infancia, e sofri abuso ainda com 6 anos, é minha primeira lembranca. Depois que o meu pai saiu de casa, e minha mae comecou a viver sua homossexualidade, depois que deixei o seminario pelo que acontecia la, sai de casa aos 16. Nao sabia de nada, estava vivendo apenas, como office boy em outra cidade, mas estava só… Nunca acreditei em tentativa de suicidio, acredito em viver e morrer quando quer uma coisa ou outra. Nao queria me matar, e realmente nao morri depois de dez comprimidos de frizium, e depois enfiando uma faca na minha propria barriga, sendo impedido em seguida… Era office boy de farmacia, tinha acesso a pacientes e doutores, assim fui diagnosticado borderline. Nem entendi direito e nem dei a minima, ninguem dava mesmo… Passei por cinco estados diferentes do Brasil, depois de ter começado em Goias e hoje estando no Rio, tenho mais pessoas que se foram em mente do que os lugares onde estive. O pior de tudo mesmo é que eu sei que nada de que vivi fez realmente sentido.
    Mas estou trabalhando, e vivendo aqui. Depois de estar casado e deixar tudo, mas continuei no meu serviço… Ha pessoas la que gostam de mim, e isso me motiva, apesar de eu nao me sentir bem ultimamente, nao sei muito o que fazer ainda porem.. Estou vivendo
    Obrigado pelo espaço, me sinto melhor. Ate mais


  27. Tenho 29 anos e nunca me entendi. depois de tantas oscilações descobri que sofro de Borderline. Consegui tudo q sempre quis: emprego publico, casa, carro, tenho um lindo filho e ainda assim me sinto a pessoa mais infeliz do mundo. Na infancia me sentia muito feia e reejeitada, depois que meu pai foi embora de casa piorei, e sempre procurei me afastar das pessoas que eu amo. depois q descobri a homossexualidade do meu pai me senti pior. to no meu segundo caótico casamento, o primeiro quase acabou com a minha vida, esse agora é ainda pior, vivo mergulhada em solidão, e meu companheiro só piora as coisas pq ele nao me entende e nao me ajuda. ja pensei muitas vezes em suicidio, só volto atras qdo penso no meu filho. Preciso de tratamento, pq eu perdi uma pessoa que eu amo ate hje por causa do bordeline, só vejo isso agora. Obrigada pelo espaço.


  28. eu tenho 31 anos e sem saber sofro de borderline desde os meus 6 anos de idade nunca ninguem percebeu o meu comportamento e na adolescencia foi confundido com rebeldade ja tenho uma filha com 4 anos e so a coisa de 3 meses foi diagunisticado o meu problema estou numa clinica de psiquiatria”parece assustador mas esta-me a fazer muito bem”estou a aprender a lidar com a doenca e a aprender a ser feliz


  29. eu sou border algo meio raro pra homem sou muito divertido as vezes mas mudo muito ,religiao escolhas trabalho nem fico muito tempo paro de fazer oq mal começo e o pior que sofro com isso fico me torturando ´´e complicado ja fui obeso e fis regime sem orientaç~~ao emagreci de 106 kilos para 57 kilos, apos isso entrei numa de usar drogas e parei at´´e de fumar facilmente varias vezes ninguem entende como consigo sei que ja passei por tudo que um border pode relacionamento minha namorada sofreu muito precisava ter certeza do amor dela sei la e perdi ela eu terminei namoro sem motivo mesmo amando ela , hoje estou com ela e lutando pra fcar estavel , mas o dificil e controlar ansiedade ,pensamento negativos e auto destrutivo mas com medicamento estabilizador de humor melhora muito.

    grato:

    GLCIMAR


  30. Boa Tarde!
    Gostaria de saber se existe no Estado de São Paulo alguma clínica especializada em tratamento de boder em adolescente, porém, somente para problemas psicológicos e não químicos?

    Miriam Torres


  31. Olá pessoal!!!
    Tenhon 35 anos, divorciado… Estou em um novo relacionamento. E descobri que sou borderline, fiquei de cara porque passei a vida toda sentino que algo estava errado, pois não consigo confiar em niguém, sou briguento, já fiz varias loucuras na minha vida…
    Queria receber mais informacões sobre a doenca, como é o tratamento, qual a melhor forma de lidar com isto.
    Obrigado a todos.


  32. sou borderline; sei que sou, mas tenho vergonha e medo de assumir. sofro tanto com isso! hoje estou em uma crise terrivel, mas como todo borderline minha personalidade é instavel e agora o que antes era terrivel passa a ja não ter mais tanta importancia. machuco as pessoas em minha volta, com palavras, gestos, e até agressões; meu relacionamento é de alto piedade, e tenho uma terrivel nessecidade de ser amada ao extremo! suportar isso? talvez chegara um dia que não mais!


    • ola eu não sei de quem se trata mas sinceramente vou lhe dizer sou um amante extremo e gostaria de ser e fazer todas as suas vontades por acredito sinceramente que vc seja mais do que uma pesssoa especial!


  33. Bom dia!

    Conviver com uma pessoa com tal sindrome é uma situação quer requer muito amor, paciência e uma constante procura de informações. Faz pouco tempo q meu companheiro foi diagnosticado, depois de um episodio de mentiras e um suposto dignostico de bipolaridade.Como sou uma pessoa q acredita na capacidade de superação do ser humano, tenho confiaça q é algo q com controle o portador consiga ter uma vida socialvel.Li algo acima q me chamou a atenção “Só vence quem não desiste”
    Saudações Carla


  34. Ola eu convivo com uma bordeline a 6 anos, nesse tempo adequerir muitas esperiencias q poden ajudar pessoas com este disturbio, gostaria de ajudar, passando aquilo que eu aprendir .
    aqui deicho o meu E-mail

    gregory2000br@yahoo.com.br


  35. Gregory,meu nome é Daniella e pegeui seu email num site sobre borderlines.

    Eu gostaria muito da sua ajuda, meu noivo é borderline, não tenho duvidas quanto a isso , li muito sobre este transtorno e ele apresenta todas as caracteristicas borderline, eu consegui leva -lo ao psiquiatra, porem não pude conversar com o médico e com certeza ele não falou tudo o que se passava com ele e o médico deu o diagnóstico de ansiedade.

    Gostaria de uma orientação de como devo agir nas crises de raiva, pois ele fica extremamente agressivo , me xinga de tudo o que se possa imaginar e por algumas vezes até já tentou fisicamente, mais quando passa a crise ele é a pessoa mais carinhosa do mundo e pede pra que eu não o abandone e chora compusivalmente, e suas crises de raiva aparecem do nada. Se puder ou souber como devo agir quando ele esta violento eu vou te agradecer muito, infelizmente antes de identificar o problema eu tentava infrenta -lo mais percebo que era a pior maneira, porque ele fica mais nervoso ainda.

    Nessas crises ele sempre se machuca, as vezes se corta, dirige perigosamente, ameaça bater o carro, ele bebe mais do que o normal, me xinga e me culpa por tudo que acontece de errado na vida dele, ele tem um ciumes possesivo principalmente de coisas que aconteceram no passado e normalmente a raiva dele é disso. Ele tem dificuldade em terminar o que começa, as vezes se acha a melhor pessoa do mundo e no outro dia se acha a pior, por varias vezes ele fala que quer morrer, que vai se matar e já até pegou uma faca e colocou na cabeça.

    Bom Gregory essas são algum dos sintomas que ele tem que sei que são sintomas borderline, como eu disse no inicio o médico receitou um anti depressivo para ansiedade, e meu despero maior é em não saber o que fazer quando ele esta em crise.


  36. Olá, comecei um namoro a 4 meses atrás, com um rapaz que a primeira vista era maravilhoso. Me apaixonei por ele, era realmente encantador. Começamos a namorar sério depois de 2 dias. Moramos em cidades diferentes, e nos vemos só de evz em quando. Ultimamente ele está muito distante, quase não liga, não me dá atenção, parece que eu nem existo para ele. Ele é disgnosticado com Borderline. Queria saber como agir, o que esperar dele, pois eu o amo muito e quero que nosso relacionamento de certo.

    Desde já agradeço a atenção.


  37. Descobrir essa sindróme a algum tempo.Mas é a menina que muito gosto,é que tem ,eu disse a ela que eu nunca fui obssecado por ela e subitamente ela sentiu uma raiva tão grande que chegou a ficar sem falar comigo,batendo o telefone na minha cara e fsalou coisa terriveis que até hoje eu não entendi.Ela se encaixa em alguns perfis.Gostaria de ajuda-la como eu faço?Tem o email dela e o telefone.Ela disse á mãe que eu a perseguia eu não entendi?Me ajude por favor pelo amor de Deus é alguem que muito gosto é muito especial para min


  38. oi gostaria de falar lhes tbm
    encontrei o amor da minha vida a tres anos e meio mais ou menos
    vivi com ele as coisas mais belas e as mais feias que pude imaginar
    jah o conhecia e sabia que ele era “louco” pelo que as pessoas falaram
    desde a primeira vez que bejei ele soube q ele era minha alma gemea
    sentimos coisas inexplicaveis um pelo outro
    e todos me diziam que naum deveria me envolver
    eramos universitarios ele morava na ksa do estudante e eu frequentava lah
    por isso muitas pessoas sabiam das coias que aconteciam e fikram com medo do q poderia acontecer entre nos
    bom nos amamos
    e naum conseguiamos desgrudar
    nos falavamos sem nada falar
    nossa sintonia eh muito forte
    e ainda eh
    acontece que a agressividade naum nos deixou mais fikr juntos
    eu tenho uma filha ele um filho
    e temos um bebe q eh nosso
    bom como jah disse sempre soube q era ssim no dia em q ficamos juntos eu chorei muito na volta p ksa
    pq me apaixonei de cara
    e sabia q ia ser muito dificil
    ele smpre foi muito carinhoso e protetor comigo
    mas na primeira briga q tivemos por motivo banal que nm lembro
    ele me puxou a roupa
    e bateu com a cabeça na parede
    fiquei apavorada mas naum podia abandona lo
    usavamos muita e todas as drogas os dois juntos
    axava normal mas ele eh compulsivo e naum consegue parar ate estar devastado
    tivemos muitas brigas nas quais ele me agrediu
    brigas sem fundamnto
    e ele smpre usou agressoes muito caracteristicas
    enfiar a mao na boca
    tampar meus olhos
    joga agua
    em mim para q eu me acalmasse
    mas ele era sempre q estava muito nervoso
    do nada ele mudava e tudo ia pelos ares
    qlqr coisa q desse errado
    ou q fugisse ao controle dele
    ele se batia , me batia e puxava minhas maos para q eu batesse nele naum interessava o estado que eu me encontrasse ele cegava
    eu gravida amamentando ele naum via nada so a raiva cegadora
    ele sempre se arrependia depois
    e eu sempre acreditava q seria a ultima vez
    ,as a coisa se repetia e mais intensa
    coisas banais levavam nos a brigas horriveis q nos nem sabiamos como tinham começado
    agressoes verbais e fisicas
    ficamos tres anos vivendo juntos
    foram os anos mais felizes e mais tristes da minha vida
    eu tinha medo de falar com ele
    media muito bem minhas palavras e açoes
    tinha medo de pedir algo e ele interpretar como uma ordem
    oq eu pedia era so um pedido naum uma ordem
    por varias vzzs senti como se tudo oq ele fazia para mim fosse destinado para sua mae
    e naum para mim
    so que as coisas estavam muito feias dentro de ksa
    jah naum tinhamos paz
    qlqr coisa se transformava em um circo
    ele eh extremista para tudo para o amor e para dor
    eu qro ele muito bem
    e qro ele na minha vida
    naum me vejo e nm qro me vr com outra pessoa
    qro me vr com ele
    mas so com boas coisas
    sem medo sem terror
    sem violencia
    sem quebraçao de coisas sem gritos
    no dia em que fui embora de casa
    a tres semanas
    bati muito nele
    e gritei muito
    eu naum estava sozinha
    entaum naum tive medo dele
    eu me senti vingada
    mas vingada naum qr dizr que eu esteja feliz
    feliz eu so vou estar no dia em que estivermos curados
    pq eu tambem estou doente agora
    precisamos de tratamento os dois
    e se um dia deus nos der de presente uma vida em paz juntos serei a pessoa mais feliz do mundo
    preciso de ajuda e qro ajuda lo tbm
    temos um filho juntos
    e mais dois
    eu sei q ele ama minha filha como eu amo o filho dele
    e por isso nau teve mais como fikrmos juntos
    as crianças naum merecem tudo akilo q acontecia
    todo o medo
    todos em ksa sempre com medo
    eu ele as crianças
    ate me como eu iria matar ele eu pensei
    e quando vi que estava com esse pensamento vi que era insustentavel
    viver assim
    doi muito mas precisamos de paz para cuidar dos nossos filhos
    e para nos curarmos
    se alguem souber onde tem tratamento por favor me avise
    moro em pelotas no rs
    e preciso muito de ajuda
    pq as pessoas passam a vida procurando um amor assim como esse nosso
    nos ganhamos o presente dos ceus
    de encontrar a alma gemea assim quase sem querer
    entaum eh uma lastima naum poder viver este amor
    obrigada
    joana


    • Joana tive todos estes problemas. era D.Q. e tenho TAB o único que me curou foi Jesus. è sério procure uma igreja, qualquer uma.


  39. Olha depois que li sobre esse transtorno tenho certeza que sou Borderline, e só agora com 42 anos fazendo psicopedagogia que descobri isso.
    E os motivos eu sei, fui muito maltratada na infancia e tive uma adolesciancia desgraçada, minhas irmãs usavam a mim e meu irmão gêmeo que ramos os caçulas pra sexo.
    Minha mãe era a outra do meu pai e a minha casa vivia em escandalos e gritaria.
    Meu Deus como consegui sobreviver? Nunca consegui firmar minhas amizades, e sempre deixo as pessoas com antipatia de mim.Sou bem bipolar mesmo.Mais tenho certeza que sou borderline.
    Eu só espero que agora sabendo da meu problema consiga melhorar com todos.


  40. [...] Pps: Tem o transtorno Borderline aqui [...]


  41. ACHO QUE TENHO ESSE TRANSTORNO,QUERIA OUVIR MAIS TESTIMUNHO SOUBRE ESTE ASSUNTO


  42. Gente,eu estou desconfiando que eu sou borderline,queria saber se é verdade,fazer um tipo de teste.
    Fiz um teste na internet que diz que eu sou,tipo , uma pessoa que quer chamar a atenção e sou muito dependende, o teste de dependencia ia até 45% o meu deu 70% .
    Eu me corto,tenho medo de falar pra minha mãe dos meus problemas,se ela descobrir que eu me corto ela vai querer me cortar ;x
    O pior,meu namorado é minha força e eu terminei com ele porq quando demos um tempo eu fiquei com uma menina,aff foi só uma vez,mas eu me apeguei à ela e agora estou confusa,não quero mais ficar com meu namorado,mas ele me ama muito e está depressivo,e a menina,nem se importa comigo e eu sinto uma grande atração por ela.
    MEUDEUS’ minha vida desmorona assim.


    • Procure um psiquiatra e um psicólogo(a)…só com a ajuda desses profissionais é que vc vai conseguir. Abraço


  43. [...] Tem o transtorno Borderline aqui Tags: louco, loucura, Transtornos de Personalidade Deixar um comentário Comentários (0) [...]


  44. Tenho um filho com 20 anos que tem comportamentos muito idênticos ao que atrás todos descrevem eu a namorada e resto de família estamos muito empenhados em ajudar dava a vida pela do meu filho, tenho uma filha mais velha tem 29 anos que me trouxe um artigo em que explica tudo sobre Síndrome de Borderline, meu filho já teve vários episódios de descontrolo auto-mutilou-se por vezes sinto-me ameaçada chantageada e fico com medo de que se suicide.Está medicado por um psiquiatra, no entanto não quer fazer psicoterapia e nem sei como o convencer recusa-se e até se chateia comigo, a irmã diz que tem estes sintomas e que se vai tratar fazer psicoterapia, não sei o que fazer gostei muito do que li fiquei mais informada de situações e características da doença, agora faz sentido certas coisas e situações que meu filho faz isto é o inferno cá na terra que horror o que meu filho e todos vós estão a passar, mas tenho uma fé que vou conseguir ajudá-lo, que acham se começar por lhe mostrar este site?Agradeço a todos que me possa ajudar seja de que forma for.Desejo a todos as melhoras e que sejam felizes quando puderem.
    Maria João Santos


    • Venha fazer parte do grupo que criei – Transtorno de Personalidade Borderline – vamos discutir sobre o assunto, ajudar pessoas e nos ajudar. Caso queiram participar como anonimo fiquem a vontade, criem um perfil anonimo no facebook, vamos usar este espaço para falar de tudo aquilo que nos faz sofrer e que nos machuca.

      http://www.facebook.com/groups/274357359264475/


  45. Venha fazer parte do grupo que criei – Transtorno de Personalidade Borderline – vamos discutir sobre o assunto, ajudar pessoas e nos ajudar.

    http://www.facebook.com/groups/274357359264475/


  46. Venha fazer parte de nosso grupo – Transtorno da Personalidade Borderline – conheça mais sobre o tema, vamos trocar informações e experiências com grandes profissionais da área bem como pacientes. O grupo já com quase 200 membros tem funcionado todos os dias com grandes participações e comentários. Venha vamos ajudar e ser ajudados.

    http://www.facebook.com/groups/274357359264475/
    ..


  47. Venha fazer parte de nosso grupo – Transtorno da Personalidade Borderline – conheça mais sobre o tema, vamos trocar informações e experiências com grandes profissionais da área bem como pacientes. O grupo já com mais de 200 membros e é hoje o maior grupo sobre o tema do facebook, tem funcionado todos os dias com grandes participações e comentários. Venha vamos ajudar e ser ajudados.

    SE VOCÊ É PACIENTE – SINTA-SE ACOLHIDO!
    SE VOCÊ É UM PROFISSIONAL DA ÁREA – APRENDA E TROQUE EXPERÊNCIAS!
    SE VOCÊ APENAS SE INTERESSA PELO TEMA – CONHEÇA MAIS!

    O link do grupo no facebook é:
    http://www.facebook.com/groups/274357359264475


  48. descobri aos 55 anos que sou bipolar e borderline, após duas tentativas de suicídio em 15 dias. Sempre me considerei uma estranha nesse mundo. Agora, após passar pelas mãos de 4 psiquiatras, e receber o diagnóstico final,passei a entender o porque de ser diferente a vida toda e sem entender, porque o mundo não me aceitava do meu jeito. A morte continua presente na minha mente, 24 hs. É difícil ter que encarar isso. Os remédios no momento, fazem efeito por algumas horas, e depois volta tudo de novo. Faço terapia, mas parece, que de nada adianta. Fiquei feliz ao pesquisar sobre esse distúrbio e descobrir, que, existem outras pessoas como eu, e, que não estou só. Espero continuar a mantendo contato com vocês.


  49. olá ,tenho uma irmã que foi diagnosticada com a síndrome de borderline ha uma semana quando tentou o suicídio pela terceira vez e quase perdemos ela teve uma parada cardíaca chegou a fazer hemodialise .Gostaria de saber como devemos trata la se devemos tocar no assunto ou não sinceramente não sei o que fazer ela foi encaminhada para fazer um psiquiatra mas não houve a consulta ainda ela foi diagnosticada pelo medico que ha atendeu ela está relutante para tomar os remédios e não quer passar com um psiquiatra .
    se tiverem uma dica de como fazer esta abordagem sem que ela se sinta ameaçada por nós por favor me falem .
    Desde já obrigada !!


  50. Meu namorado descobriu a menos de uma semana que é borderline. Nós namoramos a distância, e ele de repente começou a dizer que eu o traí, mas nunca o fiz. Gostaria que alguém me ajudasse, preciso saber como lidar com todas as situações, nao quero me afastar, quero ajudar. Não penso em terminar ou coisas do tipo, só quero fazer o que satisfaz ele, ainda que isso me faça deixar pra trás todas as minhas vontades.
    Por favor, preciso de ajuda.
    Obrigada, abraços.


  51. Deus é o médico dos médicos , nEle devemos entregar todas as nossas aflições e preoucupações , há apenas duas regras para você ser totalmente curado(a), quer saber qual é ?
    Simples, primeiramente : CONFIE EM DEUS , pq se há alguem que realmente irá estar conosco para sempre é Ele
    Segundo: Tenha força de vontade, tendo força de vontade e confiando em Deus , tenha uma certeza , VC IRÀ SER CURADO(A) , e sua vida irá mudar.


  52. posso dizer que tenho uma filha de 32 anos que tem BORDELINE,
    eu como mãe não sei o que fazer , já fomos em médicos de SÃO PAULO- RIO DE JANEIRO etc…., hoje estou desanimada como mãe, sem esperança, sei que preciso retornar cuidar de minha filha, então vamos na fé com Deus médicos e terapeutas.


  53. Bem… Eu tenho 13 anos e venho em duvida, eu sofro com todos praticamente TODOS os sintomas do transtorno Bordeline, meus amigos comprovam, eu me automutilo, já tentei 11 vezes o suicídio, na décima primeira fiquei dopada por 2 dias e meio, já fui de ressaca para a escola por ter bebido uma garrafa de cerveja de 355 mililitros e etc… Eu venho indo em uma psiquiatra, perguntei para ela, mas a resposta não foi bem a que eu queria e eu queria ter corajem de perguntar para meu psiquiatra! Mais eu tenho medo e vergonha de que ele pense algo de errado…! Estou bem confusa…! Queria saber se eu tenho mesmo esse transtorno, mas com vergonha para perguntar ao especialista fica difícil…!



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: